Posts Tagged ‘três’

PirÂmides de Gize

 

Havia mais de seis meses que ele não saía daquele carro. Seis meses. Sua alimentação era à base de Drives Thrus, o seu sono, cochiladas com a mão no volante. Seis meses. Não sabia como tinha agüentado tanto tempo. Teria conseguido, com certeza, se não fosse por aquele moleque que avisou a polícia. Depois de tanto tempo de amizade, ele ligou para a patrulha. E tudo por que? Por uma ridícula obsessão. Sua vista, tão acostumada a meses de velocidade, só pode agora contemplar o quadrado azul no concreto.

Julinho queria ser um super-herói. Determinado, ele sempre conseguia tudo o que queria. Ainda mais quando viu na televisão sobre aquele menino. O problema era saber qual era o seu super poder. Um dia, encostado na janela, ele percebeu que na casa vizinha à sua, alguém entrava sorrateiramente pela janela, forçando-a com um pedaço de pau. Imediatamente, Julinho correu para o telefone e falou tudo à polícia. Sentiu-se tão bem, tão bem, que começou lembrar de todos os podres alheios para dedurá-los. Lembrou-se, inclusive, de um amigo que tinha dito que passaria mais de seis meses dirigindo sem carteira pelos Estados Unidos. Foi a primeira ligação internacional de Julinho. Agora ele já era um herói.

Eles acham que só porque sou pequenininho não posso andar sozinho. Eu sei sim, ó! Sei que essa trilha dá naquela trilha. A mamãe falou que não é para eu andar sozinho por aí. Mas eu sou corajoso. E nem tô perdido. É que lá em casa ninguém me deixa cantar. Eu vou ser um grande cantor um dia, preciso treinar. Olha que Onça bonitinha. Olá senhora Onça. Não precisa gritar tanto assim, calma. Essas frutinhas no chão devem estar gostosas. Acho que vou comê-las. E ainda dizem que não consigo cuidar de mim mesmo!

Ae GAleeeeraaaaaa!!!!!
Vem chegando que tem pra todo mundo: o 25 centavo – 7 por hum real estréia entrando na roda com muito tibunctum.

Eu sou a Carol Crocrib! Croquete com quibe? Não, não não.
Vou estar por aqui todas as segundas feiras para mostrar os três lados da moeda, de toda a história, de todo o vers
o do universo!

Que freguesia mais bonita!